Tópicos

segunda-feira, 5 de julho de 2010

PEQUENAS GRANDES PÉROLAS!


* * *

UNÍSSONO


Poeta!
não pertences à ninguém
não tens dono

tu és, das estrelas
da lua do vento

um ponto, vírgula, acento
crase, em dado momento

corpo na imensidão
regendo nebulosas

indeléveis, imantadas
impregnadas

postas e sobrepostas
aglutinadas

amostras desmemorizadas
ditas de formas benditas

poeta !
aglutinas perfis
dá à eles movimentos

[...] mas:

[ele]... sem que a gente queira
esvai-se por entre os dedos
deixa apenas uma lembrança

esse, unguento... a poesia criança

gerada: sem nenhum sofrimento


pedro costa


* *

Mais vale um pássaro voando
do que mil homens na gaiola


Se eu fosse de outro planeta
De um planeta-passarinho
Prenderia um ser humano
Num cubículo apertadinho
Só pra ver como faria
Tão distante do seu ninho

Mas no outro dia bem cedo
Já com dor no coração
Ao olhar o seu semblante
Com pesar e compaixão
Lembrar-me-ia de pronto
Somos todos criação

E num gesto instantâneo
Que nunca aprendi em escola
Ao ver o sol despontando
Eu quebraria a gaiola
E veria o ser humano
Pra sua casa ir embora

Estou certo que a liberdade
É a mais linda canção
É um vôo pra eternidade
É a mais sublime oração
Então arriscaria uma fala
Eu te perdôo, meu irmão!

LCPVALLE

* *

AMOR INCONDICIONAL!.

Menino, por quais caminhos,
nossos descaminhos cruzaram,
como duas folhas outonais
bailando ao sabor do vento...

Onde, insisto na pergunta,
teu abraço deu-me segurança,
teu olhar espelhou firmeza,
tua boca soprou amor...

Que penas deveremos receber,
por termos de clarear outras jornadas,
abstermo-nos da presença física,
por todos que nos necessitam?

Menino, realmente, perguntar é vão,
sentirmos nossas almas de Luz,
clareando feito estrela de luzeiro
torna-nos plenos, puros e felizes...

Menino, querido, somos da Terra o sal,
Um lá outro cá, almas esfuziantes,
almas ternas e bem conscientes
de nosso retorno, através do raio cristal!

godila fernandes


* *

(clique para ampliar)


* *


(clique para ampliar)


* *
Meu Dia Nublado


Hoje o dia é triste, nublado
Em dias assim lembro de você
Do amor que tivemos, nada vivemos
Dos planos que escrevemos, nada fizemos
Daquele tudo tão nosso
Que hoje é nada, passado!


Mas eu lembro de você
Das juras, dos beijos
Do toque, o ensejo abrasado
E é isto que aquece
O meu dia nublado.


Viviane Ramos


* *

Um nó em nós!.


Abra porta,
não dê conta ao ruído,
a passos adentre,
observe o silencio,
parece vazio,
sinta o pulsar,
conseguiu ouvir?!
É meu coração
escondido atrás da porta,
a espera do teu!

godila fernandes


* *

ANIME-SE...

Se voce está cabisbaixa,
desanimada,
desmotivada,
a vida não encaixa,
problemas aos montes,
conformada com o nada,
atravesse a ponte
que leva ao máximo,
dê uma guinada
de 360 graus.
Mude,
Ouse,
Tenta,
Menos mal...

Afronte,
Encare de frente,
Vire a mesa,
Jogue o jogo,
ame sem freios,
beije diferente,
rompa
o cordão vital,
suba a rampa,
do sucesso,
se eleve ao pódio,
dance um samba
tropical.
Entre no expresso
que vai para Nairobi,
Venha,
vestida de rócio,
sem ódio,
saber o nome
do negócio,
que te eleva o ânimo,
assuma...


Tome
chá de erva-cidreira,
com espuma.
Absinto,
Saquê,
Qualquer nome,
seja a primeira,
O porquê,
razão,
a causa,
a favorecida,
com estas medidas,
Arraze
nos saltos,
domine,
desatine
rumo ao zênite.

[gustavo drummond]


* *

Soneto, intento da admiração!

Canduras caem, voz do céu revolto.
A dissipar a palidez da distração.
Que foi um dia, um tanto fria, e de emoção,
E de intenção fez-se infinda, e foi aos poucos.

E foi-se embora. Mas força tanta não seria
Um desperdício no ofício de encantar...
Pois teu estar já conjugado e sem par,
Fez-se importante, e a cada instante, e a cada dia.

Ora, diriam menestréis, a divagar,
Vendo e ouvindo em toda parte fenecer
As dores todas, todavia, todas tantas...

Que deste espanto que se tem ao te saber:
- Quando tu cantas e os nossos prantos, faz cessar,
Caem canduras do céu revolto, quando tu cantas...

A.R.S.


3 comentários:

Raquel Ordones disse...

parabens Kinda pelo seu trabalho é excepcionalmente espetacular.

tem toda minha admiração!!


beijos de carinho

eliane disse...

Parabéns a todos e a esse maravilhoso trabalho !

elianet271 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.